Turismo

PASSEIOS QUE PODEM SER FEITOS EM 01 DIA

Orla Matinal

Saída da Estação das Docas (Barco Tribo dos Kayapós) às 10h30 – R$ 60,00 por pessoa; Passeio pela Baía do Guajará, com visão panorâmica das dezenas de ilhas que circundam Belém. Duração de 1h30.

Boa Tarde, Belém!

Saída da Estação das Docas (Barco Tribo dos Kayapós) às 15h30 – R$ 60,00 por pessoa; Passeio de barco e visão panorâmica da cidade. Duração de 1h30.

Orla ao Entardecer

Saída da Estação das Docas (Barco Tribo dos Kayapós) às 17h30 – R$ 60,00 por pessoa; O passeio conta com apresentações de danças típicas, como o carimbó e é acompanhado de guia de turismo. Duração de 1h30.

Furos e Igarapés

Saída do Marina Club – Duração de 7h – R$ 450,00 por pessoa

Passeio pelos furos e igarapés que formam a Ilha das Onças e Combú. Inclui almoço, transfer e guia turístico.

Icoaraci

Duração de 4h – segunda a sábado, com saídas às 9h e às 14h – R$ 245,00

Passeio a Icoaraci, maior centro de produção de cerâmica das culturas Marajoara, Tapajônica e Maracá, com visita às olarias, onde o visitante poderá conhecer o processo produtivo e ainda comprar a preços acessíveis. 

Ilha de Mosqueiro

Saída às 8h30 – Duração de 7h – R$ 615,00

Passeio pela bucólica ilha de Mosqueiro, localizada a 80km de Belém, com mais de 17km de belíssimas praias de água doce, com ondas e areia clara. Transporte e almoço incluso.

Roteiro Vivência Cacau e Chocolate – Ilha do Combú

R$ 245,00 por pessoa.

Almoço paraense no restaurante Saldosa Maloca e passeio na Casa do Chocolate, da famosa Dona Nena. Uma experiência sensorial inesquecível. Embarque no Terminal Hidroviário Ruy Barata, da Praça Princesa Isabel. Saída às 11h. Transporte de barco incluso no pacote. Agendamento: (91) 99388-8885 / 99188-0108. 

Todos os roteiros acima incluem: guia de turismo e água mineral durante o deslocamento e podem ser agendados pelos números: (91) 98417-3212 / 98872-2506. 

BELÉM: PONTOS TURÍSTICOS PARA VISITAR

Basílica Santuário Nossa Senhora de Nazaré

Famosa igreja do Círio de Nazaré, uma das maiores tradições religiosas do Brasil. Todo mês de outubro, a cidade de Belém se transforma para celebrar a tradição. Na Praça Santuário, é possível comprar as tradicionais fitinhas de Nazaré, réplicas da santa e souvenirs.

Praça da República e Theatro da Paz

Umas das praças mais bonitas da cidade e endereço de um dos mais lindos teatros do Brasil. Construído na época do auge do ciclo da borracha, o edifício foi construído para ostentar toda a riqueza da sociedade paraense nesse período. Dá para fazer um tour guiado no Theatro da Paz, por R$ 6,00 e que dura cerca de 40 minutos. No local, há também o tradicional Bar do Parque, onde se pode comer e beber muito bem.

Estação das Docas

Localizada às margens do Rio Guajará, tem restaurantes, cervejarias, lojinhas de artesanato e uma vista linda do rio que banha a capital do Pará. Estando lá não deixe de provar os sorvetes da Cairú, preparados com as frutas da Amazônia e que estão entre os melhores do mundo, segundo a Forbes. Quem gosta de uma cerveja artesanal também tem parada obrigatória na Amazon Beer, com cervejas e petiscos com sabores regionais.

Mercado Ver-o-peso

A maior feira livre da América Latina já foi eleita uma das 7 maravilhas do Brasil. O local é um encontro de cores, sabores, crenças. Nas barraquinhas de comida, você pode experimentar um açaí com peixe frito, como os locais fazem. 

Forte do Presépio e Complexo Feliz Luzitânia

Localizados na Praça Dom Frei Caetano Brandão, onde a cidade de Belém começou. Toda essa região é chamada de Complexo Feliz Lusitânia, nome dado pelos colonizadores portugueses para o povoamento inicial da cidade de Belém. Ali fica o Forte do Presépio, o marco zero da cidade. Foi com a construção dessa fortificação que a cidade começou a se estabelecer, primeiro dentro dos muros e depois nos arredores. A visita ao Forte do Presépio tem uma área gratuita e outra paga (por apenas R$4,00), mas vale entrar para conferir o museu e ter uma das vistas mais bonitas da Cidade Velha e do Rio Guajará.

Manjar das Garças

Uma área verde preservada, com rica biodiversidade, que reproduz os ecossistemas típicos de Belém: áreas alagadas, terra firme e os campos. O local abriga um restaurante, o Manjar das Garças e o charmoso Café Martens, uma construção toda feita de ferro e vidro, onde é possível tomar um café enquanto se aprecia a beleza natural do parque. O acesso ao parque é gratuito. Já nos espaços, como: Borboletário, Farol, Viveiros das Aningas e Memorial da Navegação da Amazônia R$ 5,00, cada e o passaporte para todos os espaços, R$ 15.

Parque do Utinga

Unidade de Conservação Estadual que oferece aos seus frequentadores diversas opções para trilhas, espaços turísticos, quatro quilômetros de pistas para caminhadas e passeios de bicicletas, patins e skates. Com entrada gratuita, somente alguns serviços são pagos, como as trilhas guiadas, atividades esportivas como rapel, tirolesa, entre outras, além da taxa do estacionamento.

Endereço: Av. João Paulo II, S/N – Curió Utinga

Funcionamento: Durante a semana, o parque abre das 6h às 17h, exceto às terças-feiras, onde é fechado para manutenção interna.

BELÉM: MUSEUS

Museu de Arte Sacra do Pará

Com forte influência religiosa, Belém possui um dos mais belos museus sacros do país. Localizado no espaço onde funcionavam a Igreja e o Colégio de Santo Alexandre, o Museu de Arte Sacra do Pará reúne cerca de 400 peças entre talha, gesso, prataria e outros objetos litúrgicos. Inaugurado em 1719, o museu é tombado pelo IPHAN, sendo um importante marco arquitetônico da cidade.

Endereço: Praça Frei Brandão, s/n – Cidade Velha.

Funcionamento: De terça a domingo, das 9h às 17h.

Museu Paraense Emílio Goeldi

Vinculado ao Ministério da Ciência e Tecnologia, o Museu Paraense Emílio Goeldi foi fundado em 1866 e tem como foco o estudo científico dos sistemas naturais e socioculturais da Amazônia, além da preservação da região. O Emílio Goeldi também conta com o Parque Zoobotânico, com área de 5,4 hectares e exemplares da fauna e flora local. Considerado um dos principais museus em Belém, o local é perfeito para quem se interessa por ciência e pela natureza.

Endereço: Av. Governador Magalhães Barata, 376 – São Brás

Funcionamento: De terça a domingo, das 9h às 14h.



Museu do Círio de Nazaré

Maior peregrinação católica do Brasil e uma das maiores do mundo, o Círio de Nossa Senhora de Nazaré é realizado anualmente na capital paranaense em todo segundo domingo de outubro. Criado para celebrar a memória e o acervo da tradicional celebração religiosa, o Museu do Círio de Nazaré foi fundado em 1986 e reinaugurado em 2002 e tem em seu acervo cerca de 2.000 peças sacras e itens sobre a história da procissão.

Endereço: Av. Nazaré, s/nº – Nazaré

Funcionamento: De segunda a sexta, das 9h às 17h. Aos sábados e domingos, das 9h às 13h.

Museu de Arte Casa das Onze Janelas

Conhecido como um dos mais importantes pontos turísticos de Belém, a Casa das Onze Janelas é um casarão histórico do século 18 que pertenceu ao senhor de engenho Domingos da Costa Bacelar. Mais tarde, o espaço também serviu como Hospital Real e, em 2002, foi transformado em museu e espaço cultural com obras de artistas como Tarsila do Amaral, Ismael Nery, e Lasar Segal, entre outros. Além das obras, o museu também encanta por sua arquitetura, sendo um dos principais lugares para se visitar em Belém. 

Endereço: Praça Frei Caetano Brandão Complexo Feliz Luzitânia – Cidade Velha

Funcionamento: De terça a domingo, das 10h às 16h.

Museu da UFPA

O Museu da Universidade Federal do Pará é um museu federal integrante da Universidade Federal do Pará, instalado no Palacete Augusto Montenegro desde 2003. Considerado o primeiro museu do tipo voltado para a preservação e difusão das artes visuais da Amazônia.

Endereço: Av. Gov. José Malcher, 1192 – Nazaré

Funcionamento: De segunda a sábado, das 9h às 12h.